Venda de carros usados cai mais de 40%

Venda de carros usados cai mais de 40%

O Automóveis-Online ao longo da sua existência tem vindo a escrever artigos atrás de artigos sobre este assunto. Para ser mais preciso, em Setembro de 2009 o Automovies-Online escreveu um artigo “Desemprego em cadeia está iminente” que mostra que os anunciados mais de 40% são poderão ser mesmo muito mais, tendo em conta a realidade actual.

Contudo, nos últimos dias tem vindo a público notícias que avançam com quebras de mais 40% na venda de carros usados. Algumas das razões por esta quebra são o consumidores portugueses que estão adiar a renovação do seu automóvel para mais tarde. O mercado está mergulhado numa profunda crise, onde a falta de poder de compra dos portugueses é sem dúvida o principal factor, mas não só. A falta de um regulamento para o comercio de carros usados e a devida fiscalização poderia resolver muitos dos problemas. Para que se perceba o que o Automoveis-Online quer dizer, é conveniente ler o artigo “Desemprego em cadeia está iminente”.

Em boa verdade, Nem há quem compre novo nem usado, e nem há quem venda usado para comprar novo. Ou seja, o mercado automóvel está estagnado.

Associação das Empresas de Comércio e Reparação Automóvel, defende que deveria ser reposta a reposição do incentivo ao abate de veículos em fim de vida na compra de veículos novos e o alargamento do incentivo na compra dos usados, com a criação de uma dedução fiscal em sede de IRS e de IRC.

Booking.com