Tecnologia nos Automóveis, quais são e para que servem? Sensor de Ângulo Morto

Tecnologia nos Automóveis, quais são e para que servem? Sensor de Ângulo Morto

Este é o segundo artigo sobre as novas tecnologias do sector automóvel e vai falar sobre um sensor muito útil ao condutor, o Sensor de ângulo Morto. No artigo anterior falamos sobre o Detector de Saída de Faixa de Rodagem, é igualmente uma ferramenta muito útil aos condutores e principalmente aos que sofrem de sono intensivo ao volante.

Muito dos acidentes de viação ocorrem por distracção dos condutores que estão a ser ultrapassados e a pensar nisto, os construtores de automóveis pensaram numa solução, que apesar de simples é bastante útil e eficiente, estamos a falar do Sensor de ângulo morto.

Este serve para avisar o condutor que existe um veículo em manobra de ultrapassagem, através de um sinal luminoso no retrovisor exterior.

Este sistema funciona da seguinte forma: Em primeiro lugar é necessário perceber-se que o sistema utiliza uns sensores nos para-choques traseiros que detectam a aproximação de um veículo atrás ou ao lado. Assim, quando o condutor assinala a sua intenção de mudar de direcção, o sistema avisa-o com uma luz e emite um sinal sonoro.

Os modelos que utilizam esta tecnologia são, o Audi A4, A5, A6, A7, A8, Q5 e Q7, Citroen C5 e C6, Ford Focus, Jaguar XF e XJ, Mercedes-Benz Classe C,E, CLS, S, SL e SLK e o Volvo S60.

Esta tecnologia é muito útil principalmente porque alarga o campo de visão natural do condutor e evita acidentes tornando a condução mais segura e menos stressante.

Booking.com