Sabe como proteger o turbo do seu veículo?

Sabe que a falta de manutenção do Turbo pode estourar com o motor do seu carro?

Sabe como proteger o turbo do seu veículo? Dicas para proteger o turbo do seu veiculo

Sabe como proteger o turbo do seu veículo? Dicas para proteger o turbo do seu veículo. Neste artigo, vamos deixar algumas dicas para proteger o turbo do seu veículo.

Nos dias de hoje, praticamente todos os automóveis recorrem ao uso de um turbo para melhorar as performances do mesmo e em alguns casos, utilizam mais que um turbo. Como por exemplo, aumentar a potência, velocidades, recuperações, baixa de consumo de combustível, entre muitas outras coisas mais. Ou seja, hoje em dia, o turbo tem um papel muito importante no desempenho de um motor e por essa razão é preciso conferir ao turbo mais atenção e mais critério.

Embora não seja do conhecimento de todos, o Turbo possui dois momentos críticos em cada utilização.

O primeiro momento crítico, ocorre durante o arranque. Isto porque a força de gravidade, faz com que o óleo que se encontrava nos tubos, regresse ao cárter do motor, ficando apenas uma fina película de protecção, que será suficiente para que possa cumprir a missão de proteger o seu veio, até que o óleo chegue novamente ao turbo. Este processo leva apenas alguns segundos.

É por causa deste primeiro factor que, quando se liga um automóvel, não se deve acelerar a frio o motor evitando assim que este atinja regimes e rotações elevadas.  O que se recomenda é, ligar o motor e deixa-lo ao ralenti pelo menos 30 segundo e só depois arrancar suavemente até que a temperatura da água do motor atinja os valores normais.

O segundo momento crítico, ocorre precisamente quando o condutor termina a utilização do mesmo, ou seja, o momento de paragem do motor.

Neste momento é igualmente recomendado que se espere um pouco. No entanto, o tempo de espera depende do tipo de utilização que deu à sua viatura, ou seja, dependendo das rotações que se alcançarem antes de querer para o motor, este deve ser mantido mais ou menos tempo ao ralenti até que se possa desligar o motor, (regimes mais altos deverá corresponder a um tempo maior ao ralenti).

A paragem poderá ser atrasada, com o motor ao ralenti, em valores superiores a 60 segundos.

Outra coisa que o leitor deverá ter em conta para proteger ainda mais o turbo do seu carro é, a utilização de um filtro de ar em boas condições de manutenção e a utilização do óleo recomendado pela marca, são essenciais.

Lembre-se, o excelente estado de conservação do turbo do seu veículo, é o mesmo que dizer, o “Valor do Meu Carro” é mais elevado.