Rali em Portugal: história dos principais campeonatos, patrocinadores e campeões

O Rali em Portugal conta com mais de 60 anos de tradição, não faltam histórias para contar.

Rali em Portugal: história dos principais campeonatos, patrocinadores e campeões

Rali em Portugal: história dos principais campeonatos, patrocinadores e campeões. O Rali em Portugal conta com mais de 60 anos de tradição, não faltam histórias para contar.

O automobilismo faz parte da história do desporto português e Portugal encontra-se na rota dos principais países europeus quando o assunto é rali.

Referência no automobilismo português, o Rali de Portugal acontece desde a década de 1960 e tornou-se internacional em 1967. Uma etapa importante no rali europeu, o circuito já fez parte do Campeonato Europeu, Intercontinental Rally Challenge e actualmente está no Campeonato Mundial de Rali (WRC).

Com tanta tradição, o rali também é referência em qualidade. «O Rally de Portugal suplantou o sonho dos que o idealizaram e lhe deram vida. Reconhecido pelos adeptos da modalidade ao longo dos tempos e conduzido pela mão do Automóvel Club de Portugal, afirma-se perante o desporto automóvel mundial, como o melhor Rally do WRC», cita o site Rally de Portugal.

No ano passado, a edição foi celebrada como a 50ª do rali. Na ocasião, quem conquistou o primeiro lugar foi o francês Sébastien Ogier. Para este ano, a etapa acontecerá em maio, entre os dias 17 a 20. Ainda em 2017, para celebrar os 50 anos, o livro “50 anos Rally de Portugal” foi divulgado numa obra que reúne todos os protagonistas do rali em mais de 600 páginas.

Outros etapas e campeonatos importantes

Tradição é sinónimo do Campeonato Nacional de Ralis (CNR) de Portugal, que é organizado desde 1956. Com um historial tão forte, são mais de 60 anos de competição de norte a sul de Portugal.

Neste ano, o Ralli Serras de Fafe, Rali de Gondim, Rali do CAMI, Rali de Santo Tirso, Rali Montelongo, Rali de Viana do Castelo, Rali Mun. Mesão Frio, Rali Amarante Baião e Rali Vieira do Minho fazem parte do CNR.

Também muito importante no cenário português é o Campeonato de Portugal de Ralis (CPR). Um pouquinho mais curto do que o CNR, que contém 10 etapas, no CPR são nove etapas. Umas das diferenças principais em relação aos ralis é que no CPR os trajectos são diferentes.

As nove etapas são compostas pelo Rali de Castelo Branco, Rali Casino do Algarve, Rali de Mortágua, Azores Airlines Rallye, Rali Vinho da Madeira, Rali Amarante Baião, Rali Vidreiro Centro de Portugal, Rali de Portugal e Rali Serras de Fafe.

Os patrocinadores

Toda a história do rali em Portugal não seria possível sem os patrocinadores. Uma curiosidade é que o apoio não vem só de empresas e companhias automobilísticas. Os casinos, por exemplo, além serem importantes na diversão e entretenimento, também são fulcrais na realização dos ralis, pois o apoio deles já é tradição nos desportos motorizados no país. Há anos o Rali Casino de Espinho e Rali do Algarve são exemplos disso.

Outros patrocinadores também são bem importantes para a realização dos ralis. A Vodafone, uma das maiores operadoras móveis do continente, apoia o Rali de Portugal desde 2007, quando a competição voltou a estar presente no Campeonato Mundial de Rali.

Antes da Vodafone, um patrocinador muito importante para a realização do Rali de Portugal era a TAP, que esteve presente na primeira edição do rali, em 1967. Ao todo, a TAP esteve presente no nome oficial do Rali de Portugal por 16 edições. A última foi em 2001.

Uma das etapas mais importantes e tradicionais do rali português também é há tempos apoiada por uma mesma empresa. No Rali Açores, desde 1999 a empresa aérea SATA Air Açores apoia o rali. Há três edições que o apoio agora é da Azores Airlines, que é uma companhia subsidiária da SATA.

Os grandes campeões

Actual campeão do WRC, Ogier tem no Rali de Portugal uma de suas etapas favoritas e já o conquistou cinco vezes. Ogier está em empate com Markku Alén, da Finlândia, que fez muito sucesso na década de 1970 e 1980 e também ganhou o Rali de Portugal cinco vezes.

Já Sebastian Loeb, maior campeão de sempre do Campeonato Mundial de Rali. Conquistou a etapa do Rali de Portugal duas vezes, em 2007 e 2009.

Como grandes campeões recentes do CNR, estão Armindo Araújo, Bruno Magalhães e Ricardo Moura, que dominaram nos últimos 18 anos. O maior campeão desde 2000 é Araújo, com quatro títulos. Araújo também é o português com maior sucesso no Rali de Portugal, com títulos em 2003, 2004 e 2006.