Carro novo ou usado. Quais os mais fiáveis?

Está para comprar um automóvel novo ou usado? Sabe qual é o carro mais fiável?

Carro novo ou usado. Quais os mais fiáveis?

Carros usados. Quais os mais fiáveis? Está para comprar um automóvel novo ou usado? Sabe qual é o carro mais fiável?

Esta deve ser uma das muitas perguntas que se colocam na altura de comprar um carro novo ou usado. O Automoveis-Online já escreveu alguns artigos que falam sobre o que é mais importante na altura de comprar um carro novo ou usado e também na lista dos carros menos fiáveis.

O artigo de hoje não vem falar naquilo que deve ter em especial atenção quando compra um veículo usado. Mas sim, quais as marcas que são consideradas as mais fiáveis.

A Dekra, que em tempos foi parceira de negócios do Automoveis-Online, é actualmente a maior empresa da Europa no segmento de inspeção de veículos e acaba de divulgar no seu relatório anual, quais os veículos mais fiáveis para cada segmento que estão disponíveis no mercado de veículos em segunda mão. Através da informação que consta deste relatório, a Dekra, procura ajudar os consumidores no sentido de estes fazerem as melhores escolhas no momento da aquisição.

Nos parâmetros de avaliação, foram tidas em conta três categorias de acordo com a sua quilometragem:

1) Dos 0 aos 50.000 km;

2) Dos 50.000 aos 100.000 km;

3) Dos 100.000 aos 150.000 km.

Os técnicos que estiverem envolvidos neste processo de avaliação focaram-se apenas nos problemas de inspecção importantes e não consideraram os defeitos causados por negligência por parte do proprietário, como por exemplo, o estado e desgaste do interior dos veículos ou o desgaste dos pneus.

O relatório

Segundo o “Relatório de Falhas 2016” o Audi A6 foi o vencedor, com uma percentagem de 94,4% dos veículos analisados sem qualquer problema. Em segundo lugar, aparece nova marca germânica, a Mercedes-Benz  com o Classe E, com 93 por cento das unidades analisadas sem qualquer problema, e o Audi Q5, com 89 por cento.

Para os restantes segmentos, salientamos a “vitória” do nipónico Toyota Yaris entre os utilitários, com 92,7 por cento de unidades verificadas sem problemas. No segmento dos compactos, a vitória sorriu novamente aos nipónicos, mas desta vez, foi a Honda que ganhou com o Honda Civic a ser o mais fiável entre os usados, com 94,8 por cento de fiabilidade.

Na classe dos os familiares ou veículos médios, a marca Sueca Volvo, com os modelos Volvo S60/V60, conseguiu o melhor resultado, com 96,6 por cento. Já no segmento dos familiares de luxo, a vitória deu um pulo à Alemanha, onde o vencedor foi o Mercedes-Benz CLS, com 98,3 por cento.

O relatório determinou que a Mercedes-Benz, foi a marca dominante nas vitórias, onde viu acrescentar aos já premiados, os seus modelos para as categorias dos descapotáveis, com o SLK, dos SUV com o Classe M e nos monovolumes com o Classe B.

Na categoria dos veículos comerciais, a vitória sorriu ao Opel Combo, nos pequenos comerciais com 84,8 por cento. A francesa Renault, conseguiu a vitória para os furgões com o Renault Master, com 80,4 por cento das unidades analisadas sem qualquer problema.

Lista de Vencedores, segmentos e percentagens de unidades analisadas sem qualquer resultado negativo.

Dos 0 aos 50 mil km:

Utilitários: Toyota Yaris (92.7 por cento)

Compactos: Honda Civic (94.8 por cento)

Veículos Médios: Volvo S60/V60 (96.6 por cento)

Luxo: Mercedes-Benz CLS (98.3 por cento)

Desportivos e descapotáveis: Mercedes-Benz SLK (98.3 por cento)

SUV: Mercedes-Benz Classe M (98.5 por cento)

Monovolumes: Mercedes-Benz Classe B (98.5 por cento)

Pequenos Comerciais: Opel Combo (84.8 por cento)

Furgões: Renault Master (80.4 por cento)

Entre os 50 e os 100 mil km:

Utilitários: Audi A1 de 2010

Compactos: BMW Série 1 de 2011

Veículos Médios: Volvo S60/V60 de 2010

Luxo: Mercedes-Benz CLS de 2010

Desportivos e descapotáveis: BMW Z4 de 2009

SUV: Mercedes-Benz Classe M de 2009

Monovolumes: Mercedes-Benz Classe B de 2011

Pequenos Comerciais: Volkswagen Amarok de 2010

Furgões: Renault Master de 2010

Entre os 100 e os 150 mil km:

Utilitários: Mazda 2 de 2007

Compactos: Toyota Prius de 2003

Veículos Médios: BMW Série 3 de 2011

Luxo: Audi A6 de 2011

Desportivos e descapotáveis: Audi TT de 2006

SUV: Audi Q5 de 2008

Monovolumes: Volkswagen Sharan de 2010

Pequenos Comerciais: Peugeot Partner de 2008

Furgões: Volkswagen Crafter de 2006