Carro exposto ao sol. Quanto tempo leva até atingir a temperatura mortal?

Já se esqueceu-se do bebé ou de um animal dentro do carro?

Carro exposto ao sol. Quanto tempo leva até atingir a temperatura mortal?

Carro exposto ao sol. Quanto tempo leva até atingir a temperatura mortal? Já se esqueceu-se do bebé ou de um animal dentro do carro?

Se a resposta for afirmativa, garanta que isso não volta acontecer. Pois, um carro exposto ao sol não leva muito tempo até atingir as temperatura mortais.

Foi isso mesmo que um estudo realizado na Universidade do Estado de Arizona e da Universidade da Califórnia quis demonstrar. Os investigadores estudaram precisamente quanto tempo um carro exposto ao sol demora a atingir temperaturas fatais para crianças.

A resposta que os investigadores obtiveram foi, uma hora. Um carro exposto directamente ao sol, num dia onde as temperatura se situem acima dos 28º, atinge a temperatura mortal para uma criança, em apenas uma hora. Mas, um carro exposto à sombra, num dia com temperaturas elevadas, consegue atingir esse nível fatal em apenas duas horas.

Evaluating the impact of solar radiation on pediatric heat balance within enclosed, hot vehicles

O título do estudo científico é, Evaluating the impact of solar radiation on pediatric heat balance within enclosed, hot vehicles e pretendeu entre outros aspectos demonstrar a forma como o corpo de uma criança reage quando submetido a temperaturas elevada. Quando comprada com os adultos, as crianças têm mais dificuldade em regular a temperatura corporal. Sendo que a temperatura interna pode subir até 5 vezes mais rápido que num adulto. Como se não bastasse as crianças fisicamente terem menos resistência ao calor que um adulto, as crianças têm mais dificuldades em controlar ou abandonar este determinado local em caso de risco.

Publicação na revista Temperature

Foram três investigadores norte-americanos que decidiram fazer o estudo e que a sua conclusão foi publicada a 23 de Maio na revista Temperature.

Para a realização deste estudo, mortes em crianças abandonadas em carros expostos ao Sol, os investigadores americanos consideraram 3 variáveis.

  1. O tipo de automóvel;
  2. O período de exposição sola (directa ou à sombra);
  3. Na temperatura interna de uma criança com pelo menos 2 anos.

Depois de considerados e analisados os dados colhidos, os cientistas concluíram que, quando o automóvel está exposto directamente à luz solar, basta um hora para causar danos físicos e mentais nas crianças e duas horas, quando o veículo está exposto à sombra num dia de temperaturas elevadas.

E quais são as consequências que uma criança sofre numa situação desta?

Um criança exposta a uma situação destas, vê acontecer a falência progressiva dos seus órgãos vitais, agitação, confusão mental, coma, danos cerebrais e, em última instância, morte. Isto pode começar a acontecer logo a partir dos 40º C com exposição solar directa.

O tipo de carro pode ter influência na temperatura e a velocidade com que é atingida. Para demonstrar isso memo, os investigadores utilizaram três tipos de veículos diferentes. Estacionaram 2 carros com configuração sedan, 2 de categoria económica e 2 break’s em áreas com exposição solar directa e com sombra num parque de estacionamento de um shopping, entre Junho e Julho de 2014.

Assim, conseguiram perceber que as break’s foram mais resistentes, demorando mais tempo a aquecer. Já os carros económicos ofereceram menos resistência às temperaturas elevadas.

Conseguiram também ler que a temperatura média dos 3 tipos de carros foi de 46,6º C ao fim de uma hora com sol directo e 37.7º C nos carros expostos à sombra num dia de temperatura elevadas. As partes dos automóveis que mais aquecem e mais depressa são, o painel de instrumentos, os bancos e o volante.