Registar uma mota ficou mais caro

Registar uma mota ficou mais caro

As motas também foram alvo dos aumentos dos registos, que entraram em vigor a 1 de Outubro do corrente ano. Estes aumentos não só afectaram os automóveis bem como os motociclos, incluindo os de 125cc. Assim, o registo inicial, isto é, a primeira matrícula, custa até 55€, quando era de 50€ sofrendo assim, um incremento de 10%. Nos registos seguintes, o valor passa para os 65€ quando era 60€, isto é, mais 8%.

Os registos efectuados pelas entidades comerciais que compram e vendem motas, passam a pagar 30€ em vez dos antigos 20€, isto é, um aumento de mais de 50%.

As motos até 50cc pagam pelo primeiro registo 20€ em vez dos anteriores 10€, ou seja, um aumento de 100%. Os registos seguintes custam 30€, quando eram 20€, o que representa um aumento de 50%.