Venda Autorizada! Clone do Mini Cooper

Venda Autorizada! Clone do Mini Cooper

Não é se trata de nenhuma anedota, é mesmo verdade.

A marca germânica BMW tentava impedir a comercialização do Lifan 320 no mercado Brasileiro, mas o Tribunal autorizou a venda, daquilo que muitos chamam de “clone do Mini Cooper”.

Foi o Tribunal do Rio de Janeiro que revogou uma providência cautelar, onde a BMW tentava a proibição das vendas no Brasil do Lifan 320. Este é um modelo da marca chinesa Lifan Motors.

A providência cautelar era favorável à marca germânica desde de Julho, mas deixou de o ser agora, uma vez que a providência cautelar foi revogada a titulo definitivo.

Segundo a decisão do tribunal , não haviam motivos para, mesmo que de forma preventiva, impedir a comercialização do Lifan 320. Depois, a BMW não demonstrou «de forma inequívoca» que o carro da Lifan é uma cópia do Mini Cooper.

Venda Autorizada! Clone do Mini Cooper1 Venda Autorizada! Clone do Mini Cooper2

Booking.com
  • JoJo

    Vendo as fotos do “carro” Lifan, dou razão aos tribuinais Brasileiros.. aquele lixo Chines não tem nada a ver com o mini, é mais parecido de aspecto com o Logan ou skoda, isto na minha opiniao.

  • Luis Pinto

    Que treta de site mais tendencioso este… Mas reparem bem se as fotos da página da tal LIFAN têm alguma coisa a ver com o que estes Srs aqui postaram. Este mini vermelho é simplesmente um Mini vermelho

    • Caro senhor Luís, antes de mais quero agradecer o seu comentário.
      Mas, não pude deixar de lhe responder.
      A treta deste site, não é tendencioso. Eu acho que o senhor está um pouco distraído, pois o carro Vermelho que se encontra em destaque é um Mini One da BMW, esse é o original.
      Os amarelos, um é BMW o outro é o Lifan.
      Agora, se o modelo chinês tem alguma coisa a ver com o modelo alemão, eu pessoalmente acho que não, mas, a BMW deve ter visto algo, pois caso contrário não tinha avançado com uma providencia cautelar sobre o modelo chinês.

      Cumprimentos,

  • Luis Pinto

    Concordo consigo totalmente, mas não deixo de ver um texto que faz todo o sentido e as fotos que mostram são as do BMW Mini. Quem ler e vir as fotos dirá que os chineses sao mesmo descarados. E até são mesmo descarados, mas não tanto neste caso, conforme o Sr escreveu no seu Email, e muito bem. Sugiro que usassem uma foto que mostrasse os dois lado a lado, sendo essa forma de mostrar bem mais isenta e aparentemente menos tendenciosa.
    Os meus cumprimentos
    Luís Pinto
    .

  • paulo

    Boa noite se nao soubese ao longe pressem iguais aparentemente iguais e a ver ao longe quem nao saiba pensa que e um mini ,e acho que eu e toda a gente cumps

  • jojo

    Acho até mais parecido com aquele asco do Fiat 500 de 5 portas.

  • Ricardo Barros

    De facto a notícia é absolutamente tendenciosa. Dou completa razão ao Luís Pinto. Eu prórpio quando li o título e vi a fortografia do Mini vermelho, pensei: isto é incrível, é uma cópia fiel.
    Fiquei seguro de que a visão tendenciosa era propositada, após ler a resposta do Sr. António Silva. A única fotografia do Lifan, presente na notícia, é aquele que não se consegue ver nada do carro (apenas uma jante que revela que de facto não tem nada a ver com o verdadeiro Mini).
    Costumava prestar alguma atenção ao v/ site. Com políticas editoriais destas, não vale a pena!

  • Caro senhor Ricardo, antes de mais quero agradecer o seu comentário.
    Mas, não pude deixar de lhe responder, tal como fiz ao senhor Luís.

    Eu acho que o senhor está um pouco distraído, pois o carro Vermelho que se encontra em destaque é um Mini One da BMW, esse é o original.
    Os amarelos, um é BMW o outro é o Lifan.
    Agora, se o modelo chinês tem alguma coisa a ver com o modelo alemão, eu pessoalmente acho que não, mas, a BMW deve ter visto algo, pois caso contrário não tinha avançado com uma providencia cautelar sobre o modelo chinês.

    Cumprimentos,

    • Ricardo Barros

      Eu ando distraído, mas o senhor não percebe português. Tente ler com atenção o que eu escrevi. Eu vou repetir por outras palavras. A notícia é tendenciosa porque os senhores escrevem sobre um carro Chinês e apresentam fotografias do verdadeiro Mini, isto é, dão a entender que as fotografias que mostram na notícia são do carro Chinês. Se querem ser claros mostrem lado a lado os dois carros. E não me venha dizer que mostraram o Lifan amarelo, porque como referi anteriormente nessa fotografia não se vê nada! Já compreende agora qual é a questão?

      • Boas,

        Caro senhor Ricardo, quando digo distraído, não o quero de todo ofender, nem quero que se sinta ofendido e desde já queira aceitar o meu pedido de desculpas.

        Repare no seguinte:

        O artigo fala numa situação algo polémica e que envolve uma marca conceituada e de prestigio, “Mini – BMW”, por essa razão a imagem de entrada no artigo é efectivamente um mini. Depois, como o assunto fala de uma possível clonagem do modelo da marca chinesa Lifan ao modelo da marca alemã, aprece no fim do artigo dois carros amarelos.
        O da esquerda e que tem uma modelo junto dele é o LIFAN e o da direita é o MINI.
        Presumo que esta é a sua sugestão.

        Para que não lhe restem dúvidas quanto ao modelo que lhe apresentei como sendo um Lifan 320 deixo-lhe este link: http://www.lifanmotors.com.br/lifan_320.asp

  • Moreira

    Boas tarde pelo menos vemos algum governo que defende os seus,se é bom ou não isso deve ficar ao critério de cada um.
    Ou será que só devemos comprar bmw.como tudo na vida existem artigos com diversos preços e qualidade nós é que temos de saber o que queremos.
    Quanto ao site ser tendencioso não acho ele apenas se limita a dar a informação.Claro que se fosse em Portugal a providencia seria a favor da BMW.
    Nota não sou propriamente admirador dos Brasileiros mas…..