Tesla. Piloto automático salva vida

Foi Joshua Neally, que foi salvo pelo piloto automático de um Tesla X

Tesla. Piloto automático salva vida. Foi Joshua Neally, que conduzia o seu “Tesla X”, quando subitamente sofreu uma embolia pulmonar e o seu Tesla levou-o às urgências.

Desta vez a notícia é positiva, isto porque, há cerca de um mês, foi anunciada a primeira morte que resultou de uma falha do piloto automático de um Tesla.

Tudo aconteceu em Springfield, nos Estados Unidos, o advogado, Joshua Neally, saia do trabalho e preparava-se para fazer a viagem de retorno a casa, quando sentiu uma forte pressão no abdómen.

Numa fase inicial, Joshua Neally, pensou que se trataria de uma simples dor muscular. Mas, como a dor teimava em não desaparecer, decidiu ligar para a sua mulher e, de seguida activou a função de piloto automático.

De imediato, o piloto automático do Tesla, tomou controlo da viatura e percorreu 32 quilómetros até chegar ao hospital. Uma vez lá, Joshua Neally, retomou o controlo da viatura para o estacionar.

Quando chegou às urgências, foi imediatamente atendido e os os médicos diagnosticaram uma embolia pulmonar, ou seja, um bloqueio de uma artéria pulmonar.

Felizmente e graças à ajuda do piloto automático do seu Tesla X, Joshua Neally, encontra-se fora de perigo e recebeu alta hospitalar nesse mesmo dia.

Joshua Neally, declarou à revista “Slate”, que confiava no veículo porque o treinava todos os dias para conhecer bem os detalhes do percurso de casa para o trabalho.