SCUTS! Descontos aos Residentes Podem Acabar

SCUTS! Descontos aos Residentes Podem Acabar

Os descontos dados aos residentes das antigas auto-estradas sem custos para os utilizadores (SCUTS) podem ter os dias contados. Isto porque o governo poderá ser forçado a rever aquele sistema, depois de a Comissão Europeia ter declarado que o sistema de bónus era ilegal, apurou o Automoveis-Online junto da fonte do Ministério da Economia.

O executivo salienta que o que está em causa na posição de Bruxelas, tomada após a queixa que a Câmara de Aveiro apresentou, «não é a introdução das portagens, mas sim a aplicação de descontos a residentes». De acordo com a Comissão Europeia, não é a residência, mas sim o facto de ser um utilizador frequente que deverá ser a base do sistema de descontos.

O Ministério da Economia está em conversações com Bruxelas sobre a matéria. A questão poderá, assim, obrigar a rever todo o actual sistema de descontos que foi implementado desde a cobrança de portagens nas SCUTS e que as associações contra as portagens dizem mesmo vir acabar, aumentando ainda mais os custos para os automobilistas.

Actualmente, as dez primeiras viagens de residentes estão isentas, havendo depois um desconto de 15% nas restantes viagens.

Booking.com