Sabia que 8% dos sinistros automóvel podem ser fraudulentos?

Foram registados mais de um milhão os sinistros automóveis em 2019

Sabia que 8% dos sinistros automóvel podem ser fraudulentos?

Sabia que 8% dos sinistros automóvel podem ser fraudulentos? Foram registados mais de um milhão os sinistros automóveis em 2019.

Sabia que em Portugal ocorrem 2.800 sinistros automóvel por dia e que 8% destes podem ser fraudulentos? Em 2019 ocorreram mais de um milhão de sinistros automóveis e que destes resultou num custo médio de 1.290 euros por ocorrência. Sendo que os sinistros fraudulentos podem atingir os 90 milhões de euros por ano.

Segundo o estudo que a APS – Associação Portuguesa de Seguradores publicou, foram participados às companhias de seguros, em 2019, 1.036.354 sinistros automóveis.

Noutro relatório, que contém a informação de todas as Companhias de Seguro que operam no mercado nacional, a APS indica que o custo, assumido pelas seguradoras com a regularização de sinistros, chegou aos 1.29 mil milhões de euros, só em 2019. Este valor revela que o custo médio por sinistro foi de 1.244 euros.

Relatório APS Indicadores de Gestão do ramo Automóvel

Segundo este relatório, a APS divulgou os número referentes à atividade seguradora em 2019. Segundo esses dados, o valor de seguros automóvel vendidos em 2019 foi de 1,833 mil milhões de euros um valor 4,7%, ou seja, um valor superior ao que foi verificado em 2018. Sendo que dos 1,833 mil milhões, 403 milhões euros foram resultado de novas apólices e 1,43 mil milhões resultaram de apólices renovadas.

A APS referiu ainda que o número de veículos segurados em 2019 foi de 7,474 milhões e que o valor médio de cada seguro é de 250€. Valor que face ao ano anterior, €241,57, subiu 3,5%.

Sinistralidade comunicada

Relativamente à sinistralidade comunicada, o relatório demonstra uma redução do número de sinistros face ao ano de 2018. Ou seja, em 2019 foram comunicadas às companhias de seguros 1,036 milhões de sinistros, valor que representa uma redução de 2,2% face a 2018.

Importa referir que em 2019, o valor de custos com sinistros, no ramos não vida, segmento automóvel, foram 1,29 mil milhões de euros. Sendo que cerca de 889 milhões de euros são referentes a pagamento das companhias de seguros ao abrigo da cláusula de responsabilidade civil. Este tipo de indemnização decorre da responsabilidade assumida pelo vulgar seguro de terceiros. As indemnizações, por via da responsabilidade assumida ao abrigo dos seguros de danos próprios, também conhecido por seguro contra todos os riscos, acendem aos 336 milhões de euros.

Sabia que as Fraudes com a regularização de sinistros podem atingir 92,5 milhões de euros por ano?

O relatório de Fraudes aos Seguros, que a APS fez, revela que, no ano de 2018, 80.154 dos sinistros ocorridos foram considerados como suspeita de fraude às companhias de seguros. Destes casos suspeitos, 9.209 foram confirmados como crime de fraude. Chamamos atenção para o facto de os dados referentes a 2019 ainda não terem sido disponibilizados.

Obrigado a todos. Partilhe e siga-nos no Facebook e fique a par de todas as novidades. Obrigado. ツ