José Mendes e Nuno Alves no Rali Serra de Fafe

Na Taça Nacional de Ralis de Terra 2017 José Mendes e Nuno Alves estão à beira de um bom resultado

José Mendes e Nuno Alves no Rali Serra de Fafe

José Mendes e Nuno Alves no Rali Serra de Fafe. Na Taça Nacional de Ralis de Terra 2017 José Mendes e Nuno Alves estão à beira de um bom resultado.

Não foi feliz a estreia de José Mendes / Nuno Alves na primeira prova da Taça Nacional de Ralis de Terra, o Rali Serras de Fafe, desistindo com a meta praticamente à vista.

Estavamos a fazer um rali conforme o planeado. Os pisos estavam demasiados duros e difíceis, pelo que a opção foi mesmo rodar num ritmo que nos permitisse chegar ao fim recolhendo pontos”, comenta José Mendes, explicando que “tínhamos o 4º lugar entre os concorrentes da Taça praticamente assegurado, mas na derradeira passagem pelo famoso confurco, no troço da lameirinha, o diferencial dianteiro do Mitsubishi Lancer Evo IX não aguentou as solicitações e acabou por ceder, levando ao abandono da prova”.

José Mendes, que nesta prova foi navegado por Nuno Alves, saiu de Fafe com a consciência de que “estamos no bom caminho, apesar do resultado não ser o desejado, mas de positivo fica o número de quilómetros efetuados ao volante do Mitsubishi e a experiência que podemos recolher já para as próximas provas, onde por certo já estaremos um pouco mais competitivos”.

Para terminar, José Mendes, que estava para alinhar com Paulo Amorim a seu lado, acabou por ter que utilizar outro navegador. “Quero endereçar as minhas condolências ao Paulo Amorim pelo falecimento do seu irmão Jorge Amorim, um amigo que tinha nos ralis e fora deles e que infelizmente já não está entre nós”, conclui José Mendes.

A próxima prova da Taça Nacional de Ralis de Terra, na qual José Mendes marcará presença, será o Rali de Gondomar, dias 17 e 18 de março.