Mercado Automóvel o negócio da china para o governo Português

Mercado Automóvel o negócio da china para o governo Português

Sabia que o Português é o povo da união europeia que faz mais esforço para adquirir um carro? Sabe quanto custa aos portugueses terem uma automóvel em Portugal?

No entanto e apesar de todas as dificuldades os Portugueses compraram 95.290 automóveis novos no ano passado. Apesar de ser um valor elevado faze aos salários médio que o português tem, as vendas face ao ano de 2010 caíram quase 60%.

Mas, ter automóvel em Portugal é muito mais do que um esforço financeiro, diríamos que é uma verdadeira aventura.  É uma aventura, porque ter um carro em Portugal não é só comprar, mas sim, manter e respeitar todas as obrigações técnicas, legais e ficais que um automóvel importa ao consumidor.

O mercado automóvel em Portugal é sem dúvida um negócio extremamente lucrativo, gerador de elevadas receitas para o tesouro português e é neste sentido que dizemos que ter carro em Portugal é uma aventura. Repare quanto é que os portugueses investem no mercado automóvel em Portugal.

Depois de comprar automóvel, as viaturas têm de pagar o conhecido IUC – Imposto Único de Circulação e este rende 323.000.000€ segundo a DGCI. Mas, para ter um carro é preciso regista-lo em seu nome e os registos valem 831.000.000 € segundo dados do INE. Para circular nas famosas SCUTS e auto-estradas o português pagou em 2011 valores superiores a 190 milhões de euros. Para os veículos circularem é necessário o ingrediente principal, os combustíveis e estes renderam nada mais, nada menos que 3.239.600.000€ segundo dados do INE.

A estes números temos de somar o valor pago pelos portugueses infractores, isto é, multas, que renderam aos cofres do estado qualquer coisa como, 41.600.000€ e atingiu até Julho de 2012 os impressionantes 154 milhões de euros.

Mas não é tudo, ainda faltaria contabilizar o IVA relativo aos combustíveis, veículos novos e manutenção automóvel.

A pergunta que se coloca é a seguinte: Se os portugueses não tivessem que pagar estes valores todos o que é que aconteceria o sector automóvel?