Inside Motor no Rali Serras de Fafe 2018

Duplas Daniel Nunes / Rui Raimundo e Pedro Paixão / Luís Neves no Rali Serras de Fafe com os Peugeot 208 R2 da Inside Motor

Inside Motor no Rali Serras de Fafe 2018

Inside Motor no Rali Serras de Fafe 2018. Duplas Daniel Nunes / Rui Raimundo e Pedro Paixão / Luís Neves no Rali Serras de Fafe com os Peugeot 208 R2 da Inside Motor.

Daniel Nunes / Rui Raimundo e Pedro Paixão / Luís Neves são as duas duplas de pilotos que irão estar à partida do Rali Serras de Fafe com os Peugeot 208 R2 da Inside Motor. A motivação é muita, mas os objetivos são distintos.

A Inside Motor volta a estar presente em mais uma temporada do Campeonato de Portugal de Ralis. Presença que tem ambições na luta pela vitória entre os carros de duas rodas motrizes com Daniel Nunes / Rui Raimundo. Ao mesmo tempo apadrinha a estreia em pisos de terra da dupla madeirense Pedro Paixão / Luís Neves.

Declarações de Joaquim Batalha

“Depois do teste efetuado no Cadaval com os dois pilotos, estamos mais que preparados para enfrentar o Rali Serras de Fafe. Os dois Peugeot estão como novos. Por isso vamos para Fafe motivados a alcançar um resultado de relevo com o Daniel Nunes. Mas também com muita expetativa face à estreia de Pedro Paixão na terra depois das boas indicações que deu nesses testes”. Refere Joaquim Batalha, responsável da Inside Motor.

Para Daniel Nunes, os objetivos para o Rali Serras de Fafe passam por “entrar forte e mostrar a diferença logo nos primeiros troços, para nos podermos situar em relação aos nossos adversários. Não podemos cometer erros, pois o nosso objetivo é alcançar um resultado de relevo, que será essencial para surgirem os novos apoios que ainda estão em cima da mesa para fazermos toda a temporada. O teste foi positivo e serviu para corrigir alguns importantes aspetos, que nos permitiu voltar a ter um bom nível de condução do Peugeot na terra”.

Quanto ao estreante Pedro Paixão a estratégia é “rodar o máximo possível sem cometer erros de maior e esperar pelos erros dos nossos adversários. Visto ser o nosso primeiro rali em terra quero ver no primeiro dia onde me situo a nível de classificação para então no segundo dia decidir o que fazer! Objetivo é, sem duvida, chegar ao fim e pontuar no top 5 das 2RM!”.