Fim do IUC para Stands de Automóveis

PDR de Marinho e Pinto propõe o fim do pagamento do IUC dos carros que estão à venda nos stands

Fim do IUC para Stands de Automóveis

Fim do IUC para Stands de Automóveis. PDR de Marinho e Pinto propõe o fim do pagamento do IUC dos carros que estão à venda nos stands.

A novidade inédita no sector automóvel, fim do pagamento do IUC para stands de automóveis, foi avançada pelo PDR – Partido Democrático Republicano. No entanto, a proposta do PDR não se fica pelos stands de venda de automóveis e alarga-se aos cidadãos portadores de um grau de incapacidade igual ou superior a 50%.

Não é novidade para ninguém que o sector automóvel é um dos principais motores da economia nacional e é também o sector que é mais penalizado pela pesadíssima carga fiscal a que está sujeito. Acontece porém que, até ao momento, nenhum partido com acento parlamentar apresentou uma única proposta que visasse ajudar este tão importante sector de actividade.

O PDR de Marinho e Pinto exige que o sector automóvel, comércio de veículos usados e semi-novos, vital para a economia portuguesa, tenha os mesmos direitos que, por exemplo, a banca nacional tem para com o IMI. “Queremos o fim do pagamento do IUC dos veículos que que estão à venda nos stands e acrescentamos que também queremos a isenção automática e permanente para quem tem um grau de incapacidade igual ou superior a 50%.

Ainda que se tente, não se consegue compreender o porquê de haver incentivos a tantos sectores da actividade económica, como por exemplo agricultura, pescas, inovação, ciência, saúde entre muitos outros e ao sector automóvel não há incentivos, só há aumentos de impostos e novos impostos.

À imagem do que se passa em  Portugal com os cidadãos portugueses, onde há portugueses de primeira e portugueses de segunda, também há sectores de primeira e sectores de segunda. Os bancos não pagam IMI das casas que têm à venda, já os STANDS de automóveis têm de pagar IUC dos carros que estão parados para venda.

Duas propostas do PDR | Justiça Fiscal e Fixação de Emprego

O partido das três estrelas, o PDR – Partido Democrático Republicano, por uma maior Justiça Fiscal e de fixação de emprego em Portugal, inclui no seu programa eleitoral duas propostas para o sector automóvel.

A primeira, Justiça Fiscal, é a medida que tem impacto directo na tesouraria das empresas de compra e venda de automóveis semi-novos e usados. Ou seja, a isenção de pagamento do IUC dos carros que estão para venda. Todos os anos os cerca de 5 mil stands de venda de automóveis pagam muitos milhões de euros de imposto único de CIRCULAÇÃO, dos carros estão, parados, para venda.

A segunda medida via a Fixação de Emprego, é a redução do Imposto Automóvel aos veículos que seja produzidos em Portugal.

Junto do PDR, o Automoveis-Online apurou existirem outras propostas para o sector automóvel. Propostas que estão a ser estudadas e que caso o PDR consiga eleger deputados serão incluídas no programa.

Agora a decisão está nas mãos dos comerciantes de automóveis. Vão ter que decidir se o PDR merece a confiança e vêm esta proposta discutida e aprovada na Assembleia da Republica e com isso, a consequente diminuição de uma despesa fiscal injusta.