Estradas Solares

Estrada Solar

Já imaginou circular com o seu carro numa estrada construída por painéis solares? Foi exactamente o que imaginou Scott Brusaw.

Se os EUA tivessem colocados painéis fotovoltaicos numa área correspondente à sua rede rodoviária e parques de estacionamento, conseguiam produzir três vezes mais energia do que a que consomem.

Foi a partir desta ideia que Scott Brusaw e sua empresa Solar Roadways partiram para desenvolver este fantástico conceito de “Estradas Solares”. Este projecto entra agora numa fase crucial, assinado um contrato de 100 mil dólares com o Departamento de Transportes dos EUA, têm até 12 de Fevereiro para apresentar o primeiro protótipo.

Segundo a visão de Scott Brusaw, as estradas de asfalto, provenientes do petróleo, embora como produto final da refinação, serão substituídas pelas estradas do futuro, compostas por complexos com inúmeras funções.

As dimensões de cada painel actualmente em desenvolvimento têm cerca de 30 x 30 cm e é composto por três camadas:

No fundo, temos a camada que contém a infra-estrutura de distribuição de energia, além de uma rede de fibra óptica para comunicações;

Na camada do meio, estão colocadas as células fotovoltaicas para a captação da energia solar e um sistema de LED’s que permitirá pintar as estradas de noite;

Road Section

Na camada de topo, fica um material translúcido e rugoso, de elevada resistência e com um coeficiente de atrito semelhante ao do asfalto.

As vantagens desta inovação são enormes, pois para além da óbvia vantagem na produção de energia eléctrica, pela enorme extensão de painéis solares fotovoltaicos, estas estradas solares oferecem outras vantagens, que revolucionarão até a segurança rodoviária.

O sistema de LED’s pode iluminar o percurso de noite e alturas de visibilidade reduzida, pode emitir mensagens pintadas na estrada, avisando os condutores para possíveis perigos. Está também previsto, a capacidade de detectar a presença de animais na estrada, lançando avisos visuais que aparecem no piso. Outra vantagem destas estradas é a possibilidade de gerarem calor suficiente para derreter neve e gelo, com as óbvias vantagens de segurança.

O projecto da Solar Roadways, as estradas solares terão parques próprios para recarregar as baterias dos carros eléctricos, cada quilómetro e meio produzirá energia suficiente para 500 casas.

Light-Test

Scott Brusaw diz que “O primeiro painel definitivo deverá estar pronto no espaço de cinco meses” e “O primeiro estacionamento experimental poderá estar feito no espaço de um ano e poderemos construir as primeiras estradas dentro de três a quatro anos”.

Relativamente à perspectiva de negócio é, obviamente, enorme, para não dizer gigantesca: substituir a rede rodoviária dos EUA pelos seus painéis – com duração de 21 anos, custará 4,8 milhões de dólares.

Booking.com
  • José Martins

    Mais uma brilhante ideia que muito provavelmente ficará na gaveta das grandes empresas petrolíferas que têm um especial interesse pelas patentes das grandes invenções que visam reduzir ou eliminar a dependência dos combustíveis fósseis, não sei bem porquê….