Retirar catalisador de um automóvel, é boa opção?

Será um benefício ou não, remover o catalisador do meu carro?

Retirar catalisador de um automóvel, é boa opção? Será um benefício ou não, remover o catalisador do meu carro? É sem dúvida uma boa pergunta e de resposta simples.

Nos dias de hoje, praticamente todos, se não mesmo todos os veículos vêm equipados com o catalisador. Acerca do catalisador, muito se falou e ainda se continua a falar acerca da sua remoção. Quanto a este assunto, as questões são diversas, por exemplo retirar o catalisador de um automóvel é uma boa opção? Se retirar o catalisador é possível extrair mais potência do motor? Esta operação de remoção é aconselhável? É possível remover o catalisador?

Quanto à possibilidade de remoção do catalisador, a resposta é sim, é possível retirar o catalisador e substituir o sistema de escape por uma panela de escape normal ou por um simples tudo no espaço que ficou livre com a remoção do catalisador.

Compreendemos as motivações que muitos dos nossos leitores possam ter em querer remover o catalisador do seu automóvel, mas não recomendamos que o façam. Até porque, este equipamento para além de actuar como um filtro, ou seja um equipamento antipoluição, ele está de acordo com as especificações determinadas pelo construtor, para que o motor do automóvel funcione correctamente dentro de um determinado padrão. Ao remover o catalisador, está de certa forma a descomandar as especificidades de fábrica do seu motor.

Outra questão é tentar extrair potência do carro com a remoção do catalisador. Se por um lado, o catalisador, tem um efeito redutor no que à potência diz respeito, acaba por ser um engano pensar que a sua remoção vai permitir esse aumento de potência. Isto porque, embora na teoria da adopção de um catalisador venha a diminuir a eficiência do motor, o facto é que, durante todo o desenvolvimento do projecto de construção do motor, o construtor trabalha em diferentes variáveis para minimizar e tornar a insignificante essa perda de potência.

Por outro lado, existe a componente legal, ou seja, a remoção do catalisador, implica o chumbo na hora de realizar a inspecção automóvel obrigatória.

Sendo compreensível o seu desejo de querer mais potência no seu carro, a remoção do catalisador não é de todo a melhor solução. Existem no mercado catalisadores de alto rendimento, e estes sim, podem funcionar em conformidade com as especificações de fábrica do seu motor.

Veja neste video qual é acção de um catalisador num veículo.

Booking.com