Renault Acelera o Projecto de Mobilidade e Emissões Zero em Portugal

A Crise Mundial afectou gravemente a Industria Automóvel e para viabilizar a sua rápida recuperação, a Comissão Europeia aliviou a pressão que vinha exercendo sobre os construtores de automóveis. Contudo nenhuma Marca “levantou o pé do acelerador”, relativamente aos seus projectos de electrificação de carros.
Exemplo disso é o programa da Marca Francesa Renault. O seu programa progride a grande velocidade e sem falhas nos prazos estipulados.

Foi na maior exposição de carros em 2009 na cidade de Frankfurt, que a Marca Francesa Renault, exibiu os seus quatro protótipos, antecipando uma gama completa de carros Zero Emissões e que serão colocados no mercado até 2012.

Portugal faz parte do grupo dos países receptores e promotores da “Era da Mobilidade Sustentável”.
Até 2012 vão receber a fantástica e apaixonante versão do Z.E. do Renault Kangoo BeBop, mas só para as frotas e condutores profissionais.

A produção e comercialização dos restantes modelos só arrancarão quando as infra-estruturas indispensáveis para o funcionamento pleno de todo o programa, estiveram implementadas, é caso disso, os pontos de carga e substituição de baterias.

Parceria renault nissan

 

A Aliança Renault/Nissan tem como principal objectivo, o de se posicionar como líder no processo de massificação de veículos Zero Emissões. Uma vez que em 2020, deverão representar cerca de 10% das vendas, o que em número de unidades, serão cerca de 100000 carros por ano, tendo por base os números do 1º semestre de 2009.

Carlos Ghos, patrão da Aliança Renault/Nissan, na exposição de Frankfurt apresentou o automóvel eléctrico como solução radical por propor a tão ambicionada mobilidade a Emissões Zero. Reafirmando o investimento na produção de carros eléctricos acessíveis para todos os bolsos, beneficiando do facto desta iniciativa contar com o apoio político à escala mundial, patente nos apoios fiscais, incentivos à compra econstrução de infra-estruturas para o carregamento das baterias.

Ficando operacional em 2012, as baterias serão fabricadas em Portugal. Futuramente a Marca irá apresentar aos seus consumidores o programa completo de manutenção e garantia de 4 anos / 120000 km.

Booking.com