Rali de Castelo Branco conta com Paulo Neto e Vitor Hugo

Rali de Castelo Branco é a sexta prova do Campeonato de Portugal de Ralis 2RM e a dupla espera vencer

Rali de Castelo Branco conta com Paulo Neto e Vitor Hugo

Rali de Castelo Branco conta com Paulo Neto e Vitor Hugo. Rali de Castelo Branco é a sexta prova do Campeonato de Portugal de Ralis 2RM e a dupla espera vencer.

A dupla Paulo Neto e Vitor Hugo vai marcar presença no Rali de Castelo Branco, sexta prova do Campeonato de Portugal de Ralis. O objetivo é, com base no andamento demonstrado na prova anterior na Marinha Grande, nas duas rodas motrizes, vencer.

Ao abandonar a prova anterior, o Rali Vidreiro, quando lideravam à geral nas duas rodas motrizes, deixa a dupla Paulo Neto / Vitor Hugo com vontade de dar continuidade a essa boa prestação, já no próximo Rali de Castelo Branco, que se realiza dias 30 de junho e 1 de julho.

Declarações de Paulo Neto

“Infelizmente não conseguimos demonstrar em resultados o andamento que evidenciamos na prova anterior, na estreia em pisos de asfalto no Campeonato de Portugal de Ralis. Agora em Castelo Branco voltamos a troços que conhecemos bem, embora com algumas novidades”, afirma Paulo Neto. Explicando, “sabemos que o nosso carro se adapta bem a este tipo de troços rápidos e, por isso, vamos aproveitar ao máximo essa vantagem teórica e tentar melhorar a prestação de 2017 em que lutamos pelo primeiro lugar mesmo até final. É também um rali especial para o Vitor Hugo, já que esta prova se realiza numa zona onde reside e na qual procura um grande resultado”.

Para o piloto do Citroen DS3 R3 Max os objetivos para esta prova passam por “lutar pelo pódio nas duas rodas motrizes entre os pilotos que pontuam para o Campeonato de Portugal de Ralis, como aliás já demonstramos. Sabemos que estão presentes todos os nossos principais adversários nesta prova, mas temos as condições de poder lutar com eles pela melhor posição possível. Num rali de dois dias temos que ser consistentes ao longo da prova, demonstrar rapidez, mas também definir a estratégia em função dos acontecimentos, num rali que, como é habitual, disputa-se sempre em ritmo muito elevado”.