Opel Grandland X Hybrid já se pode comprar

O novo Opel Grandland X Hybrid4 um SUV com 300 cv e tração integral

Opel Grandland X Hybrid já se pode comprar

Opel Grandland X Hybrid já se pode comprar. O novo Opel Grandland X Hybrid4 um SUV com 300 cv e tração integral.

Um SUV Topo de Gama com 300 cv, tração integral, nível de equipamento superior Ultimate, uma bateria de iões de lítio que se pode recarregar em menos de duas horas, travagem regenerativa converte desaceleração em eletricidade. Estes são apenar alguns atributos do novo SUV Opel Grandland X Hybrid.

A Opel abriu as encomendas ao novo SUV híbrido ‘plug-in’ Grandland X Hybrid4. Para o conseguir só vai precisar de 57.670 euros. Este topo de gama da linha Grandland X oferece 300 cv de potência e tração às quatro rodas. Possui um sistema de motorização híbrida com bateria que lhe confere uma autonomia em modo elétrico até 59 quilómetros (norma WLTP1). A bateria pode ser recarregada em menos de duas horas.

O Grandland X Hybrid4 consegue assegurar deslocações pendulares diárias com emissões zero, mantendo toda a versatilidade de um SUV convencional para poder efetuar grandes distâncias.

Nível de equipamento

Posicionado no topo da linha Grandland X, o Hybrid4 está disponível no nível de equipamento máximo Ultimate. Para condizer com estes pergaminhos, o SUV ‘plug-in’ da Opel oferece de série jantes de liga leve de 19”, fecho centralizado e ignição sem chave, sistema de infoentretenimento IntelliLink com navegação, faróis AFL LED com comutação automática, para-brisas aquecido e os novos serviços telemáticos Opel Connect, entre muitos outros. Na lista dos sistemas de assistência à condução incluem-se reconhecimento de sinais de trânsito, alerta de saída de faixa com correção ativa de direção, alerta de ângulo cego, alerta de cansaço do condutor, alerta de colisão dianteira iminente e travagem automática de emergência.

O novo Grandland X Hybrid4 já pode ser encomendado num concessionário Opel em Portugal. A entrega das primeiras unidades está agendada para o próximo mês de fevereiro de 2020.

O novo Grandland X Hybrid4 é uma das peças-chave da estratégia de eletrificação da gama de produtos da Opel. O Hybrid4, que oferecerá, em opção, a pintura preta do capô do motor, alia um motor térmico a gasolina 1.6 Turbo a dois motores elétricos. A potência debitada pelo conjunto ascende a 300 cavalos. O valor de consumo de combustível em ciclo misto, de acordo com a mais recente norma WLTP1 é de 1,3-1,4 l/100 km, com emissões de CO2 de 29-32 g/km (NEDC2: 1,5-1,6 l/100 km, 34-36 g/km CO2).

Foto Galeria

A mais recente tecnologia em motorização híbrida

O novo Opel híbrido integra o estado da arte em tecnologia de motorização híbrida ‘plug-in’. O sistema do Grandland X Hybrid4 é composto por:

  • um motor 1.6 de quatro cilindros a gasolina, com turbocompressor e injeção direta, capaz de debitar 200 cv (147 kW) de potência; este motor está certificado de acordo com o ciclo de testes WLTP;
  • um sistema de propulsão elétrica formado por dois motores de 109 cv (80 kW) e uma bateria de iões de lítio com capacidade de 13,2 kWh. O motor elétrico dianteiro está acoplado a uma caixa automática electrificada de oito velocidades. O segundo motor elétrico está integrado no eixo traseiro, com um diferencial, o que permite obter tração às quatro rodas.

O motor térmico atua a velocidades médias e elevadas. O sistema elétrico de tração é chamado a intervir a velocidades mais baixas e em fases de transição de regime. Com esta combinação, que consegue garantir um elevadíssimo binário de 520 Nm, as ‘performances’ deste Grandland X topo de gama estão em evidência, nomeadamente a aceleração de zero a 100 km/h em apenas 6,1 segundos e a velocidade máxima de 235 km/h.

Autonomia

O Opel Grandland X Hybrid4 tem autonomia até 59 quilómetros em modo elétrico, medida no ciclo WLTP1 (69 km no ciclo NEDC2). Vários estudos demonstram que grande parte dos condutores percorrem distâncias inferiores a 50 km nas deslocações diárias pendulares (casa-trabalho-casa), o que quer dizer que, nestes casos, o Grandland X Hybrid4 pode ser potencialmente utilizado em permanência com emissões zero.

O sistema de motorização do Opel Grandland X Hybrid4 tem quatro modos de funcionamento – Elétrico, Híbrido, AWD e Sport – que podem ser selecionados pelo condutor. No modo híbrido, a sofisticada gestão seleciona automaticamente o tipo de motorização mais eficiente para cada momento, permitindo ativar o modo elétrico de emissões zero quando se chega a um centro urbano. No modo AWD (All-Wheel Drive, tração integral), é ligado o motor elétrico do eixo traseiro para alcançar a máxima capacidade de tração.

O carregador de bordo é de 3,3 kW, estando disponível um de 6,6 kW em opção (500 euros). A bateria está instalada sob o banco traseiro, otimizando a ocupação do espaço do habitáculo e da bagageira. Os tempos de recarregamento da bateria variam consoante o tipo de carregador utilizado. Para além do cabo fornecido para ligar a uma tomada de tipo doméstico e a estações públicas, a Opel proporá estações de parede de utilização particular. Com uma destas ‘wallboxes’, de 7,4 kW de potência, a bateria recarrega em menos de duas horas.

Múltiplas soluções de mobilidade e apoio em viagem

Com o Grandland X Hybrid4 a Opel disponibilizará um leque de soluções específicas para veículos eletrificados, asseguradas pelos serviços Free2Move, a marca de mobilidade do Grupo PSA, e acessíveis através da aplicação digital “myOpel”. Da oferta fará parte o acesso a mais de 100.000 postos de carregamento na Europa e um planeador de viagem que sugere os melhores percursos com base na autonomia restante do automóvel e indica a localização de postos de carregamento ao longo do percurso.

Estas informações recorrem ao sistema de navegação do dispositivo de informação e entretenimento Navi 5.0 IntelliLink a bordo, o qual se encarrega também de prestar as direções para chegar ao posto mais próximo. A aplicação “myOpel” permite verificar o estado de carga da bateria, programar os períodos de recarregamento na ‘wallbox’ de casa e pré-programar a climatização do automóvel.

O Opel Grandland X Hybrid4 estará igualmente equipado com o novo sistema telemático Opel Connect, com serviços como navegação com informações de tráfego em tempo real, acesso a diagnóstico do estado do veículo através de uma aplicação, ligação direta com a assistência em estrada e chamada de emergência. Basta premir uma tecla vermelha para solicitar ajuda. A chamada de emergência é ativada automaticamente no caso de serem acionados ‘airbags’ ou tensores dos cintos de segurança.

Recuperação de energia

Com o objetivo de aumentar a eficiência, o Grandland X Hybrid4 possui um sistema de travagem regenerativa para recuperar a energia produzida em travagem e em desaceleração. Num sistema de travagem convencional, a energia cinética perde-se através de calor. Ao aproveitar esta energia, convertendo-a em eletricidade que pode ser utilizada no momento ou armazenada na bateria, o Grandland X Hybrid4 vê a sua autonomia em modo elétrico aumentar até 10 por cento.


[1] Os dados apresentados de consumos e emissões de CO2 são preliminares e foram determinados de acordo com a metodologia de testes WLTP [R (EC) No. 715/2017, R (EU) No. 2017/1151]. Os documentos de homologação e Certificado de Conformidade ainda não estão disponíveis. Estes dados preliminares podem divergir dos dados oficiais que constarão da homologação final.

[2] Os dados apresentados de consumos e emissões de CO2 são preliminares e foram determinados de acordo com a metodologia de testes WLTP. Os valores relevantes são transpostos para NEDC para permitir a comparação com outros veículos, de acordo com os regulamentos R (EC) No. 715/2017, R (EU) No. 2017/1153 e R (EU) No. 2017/1151. Os documentos de homologação e Certificado de Conformidade ainda não estão disponíveis. Estes dados preliminares podem divergir dos dados oficiais que constarão da homologação final.