Lutar contra a colocação do “Chip Electrónico”

Lutar contra a colocação do ChipElectrónico

O assunto do “Chip Electrónico” para a matricula automóvel, que já foi abordado pela equipa do Automoveis-Online e até suscitou opiniões dos nossos leitores, volta a ser assunto.

Hoje informamos que a obrigatoriedade de equipar as matriculas dos carros com este dispositivo electrónico, não vai entrar em vigor este ano. Ainda não está definida uma data em concreto para a sua implementação do sistema nas matriculas dos automoveis, o que é certo e confirmado é que o dispositivo será obrigatório em 2010. Contudo, o Governo fará sair uma portaria onde serão fixados os moldes em que este dispositivo funcionará e definirá a efectiva entrada em funcionamento do sistema.

A opinião dos nossos leitores é muito importante, por essa razão gostávamos saber se há ou não interesse em impugnar a utilização deste “Chip Electrónico” nas matriculas do nossos carros?

Como já foi dito, esta questão do “Chip” mais parece um “Big Brother” das estradas e das vidas dos Portugueses. Depois de tanto trabalho que deu o 25 de Abril, não vos parece que é o inicio do fim da liberdade dos Portugueses?

O Governo diz a termo de refuto, o “Chip Electrónico” é uma boa ferramenta para controlar a criminalidade. O nosso Presidente Doutor Cavaco Silva em comunicado ao Correio da Manha diz “…o chip ou dispositivo electrónico de matrículas pretende facilitar o trabalho das forças de segurança, que terão acesso à informação sobre a inspecção periódica e o seguro automóvel…na cobrança de portagens e outras taxas rodoviárias…”. Até poderíamos concordar com esta leitura, mas não nos parece que sejam só estas as preocupações do actual Governo, preferimos acreditar que se trata de mais uma forma de retirar uns milhões dos bolsos dos Portugueses para os cofres do Governo, contudo sabemos que nos primeiros seis meses o “Chip” será gratuito, depois é a pagar. Acreditamos também que esta medida indirecta e bem camuflada apoia os grandes grupos económicos. Basta ver o tipo de empresas que estão interessadas na gestão dessas bases de dados, bem como envolvidas em todas as componentes deste negócio, promovido por esta medida “Chip Electrónico”.

Relativamente às questões que o Governo defende para a implementação nós propomos uma medida ao actual Governo: A criação de mais postos de trabalho nessas áreas.

Entendemos isto como um abuso à nossa liberdade, lutamos por ela e temos direito a ela! Pensem nisto, façam a vossa análise e avancem com as vossas sugestões.

Booking.com