Governo Promove o Abate das Empresas de Automóveis Usados

Estado Promove o Abate das Empresas de Automoveis Usados

Governo Promove o Abate das Empresas de Automóveis Usados. É Sobre este assunto que hoje vamos falar e que para muitos já não é novidade, mas para alguns de certo que é. Hoje em dia já é vulgar ouvir falar no programa “Abate Veículos em Fim de vida” , mais vulgar será se este programa estiver associado só para a compra de Automóveis Novos, sim Novos.

O que não é vulgar, é este programa estar associado aos Automóveis Usados. Sim leu bem, Carros usados semi-novos. Nestas últimas semanas as campanhas de comunicação dos importadores oficiais, incidem no apoio que dão para a troca do carro para abate por carros semi-novos.

Veja como é que funciona administrativamente este plano. Os importadores, vendem o carros semi-novos, em alguns caso aumentam o preço a esses carros,(devem os compradores estar muito atentos pois podem estar a comprar um carro mais caro em cerca de 1500€ a 2000€, mas atenção é só em alguns casos). Depois oferecerem esses aumentos na forma de apoio o valor que o estado anuncia, em troca, recebem as retomas que supostamente deveriam ir para abate.

Eu digo supostamente, porque na realidade não vão, pelo menos no imediato. Estes importadores registam essas retomas em nome do importador, ficam com esses carros em parque durante seis meses (isto porque o estado decidiu reduzir o tempo, antigamente era de 12 meses, vá se lá perceber porquê!), depois ao fim desse seis meses, compram carros novos, dando para troca esses carros para e aí sim se processar o abate.

Agora vejam, compram os carros com os descontos que o importador tem, mais o rappel comercial sob objectivos propostos no início do ano, depois têm mais rappel comercial pelo objectivo conseguido acima do inicialmente negociado e por fim ainda conseguem mais o apoio do estado para abate de viaturas. Veja agora por que preço ficará o carro novo. Que no futuro deverá  ser vendido como semi-novo. Não menos grave é que provavelmente para  o próximo ano irá haver novo programa para o Abate de Veículos em Fim de Vida. Que irá permitir a esses importadores voltarem a fazer o mesmo. Nós até percebemos a razão pela qual o estado permite este contorno à lei, pois como sabemos o estado vive é de impostos. Quanto mais carros novos se venderem ou matricularem, mais imposto entra nos cofres do estado.

O estado ao permitir este contorno à lei, por parte dos importadores, está a condicionar muito a sobrevivência das empresas de automóveis usados, provocando em alguns casos o encerramento das mesmas. É por esta razão que dizemos, que de certa forma o estado está a colaborar (promover) para o abate destas empresas.

Mas não é justo, pois se olharmos para as empresas mais conhecidas por Stands de automóveis usados, que na sua maioria são micro empresas, que são normalmente constituídas por três a quatro pessoas, ficam condicionadas e vêm as suas vendas descer para mais de 75% (setenta e cinco por cento). Aos olhos do estado que diz tudo querer fazer para salvaguardar os empregos em Portugal, estão a esquecer-se que estas empresa representam bem mais do que três a quatro postos de trabalho. Se não vejamos, quantas pessoas trabalharam numa oficina de automóveis que prestam serviços de mecânica, electricista, pintura, chaparia, estofadores, pneus, entre muitas outras especialidades, mais o fornecedores de bens e serviços que estas oficinas necessitam.

As industrias que produzem produtos para o ramo automóvel, vão viver só dos carro novos? Temos ainda centros de inspecções, creio que não são as vendas dos novos que fazem mexer este sector, só o fazem ao fim de quatro e dois anos, conforme o carro, ligeiro ou comercial. são muitos os factores em que são de extrema importância estas empresas de automóveis usados. São muitas as questões que poderíamos levantar neste tema.

Esperamos que tenha percebido a dimensão do problema que algumas medidas causam num determinado sector de actividade e que neste caso é o Sector Automóvel e solicitamos a vossa interacção através do nosso sistema de comentários e respostas.

Automoveis-Online é uma revista digital de automóveis e um portal de classificados de automóveis usados. Junte-se ao Automóveis-Online e fique sempre a par das últimas novidades e melhores dicas, subscrevendo a nossa Newsletter e gostando da nossa página de Facebook.

Booking.com