Carros eléctricos. Quais as desvantagens?

Está para comprar um carro eléctrico?

Carros eléctricos. Quais as desvantagens?

Quais as desvantagens dos carros eléctricos? Está para comprar um carro eléctrico?

Hoje apresentamos 6 desvantagens dos carros elétricos que deve ter em conta na hora de os comprar. Todos sabemos que a tendência do mercado automóvel são os carros eléctricos e sabe-se que a tendência é para um aumento contínuo do volume de vendas. No entanto, ainda existem muitas dúvidas neste segmento que resultam do desconhecimento e o valor do investimento deste tipo de produto.

Vamos então perceber quais são as principais desvantagens dos carros eléctricos.

Quais as desvantagens dos carros elétricos?

O preço

O primeiro factor que nós entendemos ser uma desvantagem é o preço dos carros elétricos. Estes, ainda continuam com preços muito elevados face às alternativas que se encontram no mercado. Independentemente dos incentivos e benefícios fiscais que os governos oferecem, as ofertas disponíveis no mercado continuam a ser pouco apelativas quando comparadas com os modelos equipados com motores a gasóleo ou gasolina.

Autonomia

Este factor é ainda o grande “Calcanhar de Aquiles” dos carros eléctricos. No entanto, já existem alguns modelos eléctricos que oferecem autonomias até 500 kms. Para alguns condutores, esta autonomia até pode ser suficiente. Mas, mesmo assim continua a ser uma autonomia muito inferior aos valores oferecidos pelos carro equipados com motores a gasóleo ou gasolina. Depois, os modelos com autonomia superior são os das gamas mais altas, que são em geral bastante mais dispendiosos.

Tempo de carregamento

Tal como a autonomia, o tempo de carregamento é igualmente um factor que pesa bastante na hora da decisão. Se nos carros equipados com motores a diesel, gasolina ou GPL, o utilizador só precisa de cerca de 5 a dez minutos para o abastecer. No caso de um carro carro elétrico o carregamento poderá levar aé 16 horas para um carregamento completo. Já um carregamento rápido, que pode atingir uma autonomia de 80%, poderá necessitar no mínimo de 40 minutos de carregamento).

A rede de postos de carregamento rápido

Nos carros equipados com motores a gasolina e diesel a rede de abastecimento de combustível é basta. Já a rede de carregamento rápido é ainda muito reduzida. Pelo que se torna num problema para quem quer um carro eléctrico. No entanto esta rede de postos de carregamento rápido está a ser alvo de um elevadíssimo investimento em 2018, onde estão previstos novos 1604 postos de carregamento normal.

Oferta reduzida

Independentemente do grande esforço que os construtores de automóveis estão a fazer neste segmento, carros eléctricos, a verdade é que a oferta de modelos ainda é muito curta, principalmente quando comparado com a oferta existente nos automóveis equipados com motores a gasolina e diesel.

Durabilidade da bateria

Os carros eléctricos sofrem do mesmo problema da generalidade das baterias, ou seja, a durabilidade. Mas, o que precisa de saber é que as baterias dos carros eléctricos perdem propriedades com o tempo, tal como acontece com as baterias generalistas.

Enquanto uma bateria, que alimentam os carros equipados com motor diesel ou gasolina, duram 2 a 3 anos, as baterias dos carros eléctricos podem durar cerca de 10 anos.