Caixa de velocidades automática. Saiba o que é proibido fazer com ela

Hoje vamos dar dicas importantes sobre o uso de uma caixa de velocidades automática

Caixa de velocidades automática. Saiba o que é proibido fazer com ela. Hoje vamos dar dicas importantes sobre o uso de uma caixa de velocidades automática

Depois do sucesso que foi o artigo que a equipa do Automoveis-Online escreveu sobre, como testar uma caixa de velocidades automática. Hoje, vamos falar sobre as cinco coisas que deve a todo custo evitar fazer com a caixa de velocidades automática do seu carro.

Apesar de este artigo ser em especial para os donos de veículos equipados com caixa de velocidades automática, pode ser também interessante para quem não tem veículo com este tipo de equipamento, mas, poderá estar a pensar em comprar um.

Quem tem um veículo equipado com caixa de velocidades automática, pensa que determinadas coisas que faz com ela, são correctas, mas, por vezes, não são e está a utiliza-la de forma errada, pondo mesmo em causa o seu bom funcionamento.

Melhores práticas

1. Se pensa que, colocar o seu carro numa descida em ponto morto, está a poupar, esqueça. Isso está errado. Nunca deve colocar a sua caixa de velocidades automática em ponto morto, quando está a efectuar uma descida, pelas seguintes razões:

  • ao colocar o carro em ponto morto está a cortar a ligação de combustível ao motor e daí a sua ideia de que está a poupar combustível, no entanto, quando acciona a caixa de velocidades, para o combustível chegar de novo ao motor vai elevar muito o consumo;
  • na situação de ponto morto irá perder algum controlo sobre o veículo quando o tentar acelerar;
  • em alguns países, a utilização do ponto morto para efectuar descidas é ilegal.

Manobras

2. Numa manobra de inversão do sentido de marcha em que está a utilizar um veículo equipado com uma caixa de velocidades automática, é importante que perceba que, nesse processo, deve parar a viatura para fazer a troca da velocidade que quer usar. Ou seja,  quando pára para fazer marcha atrás engrena a velocidade “R”, depois, pára e engrena a velocidade “D” e assim sucessivamente até terminar a manobra. Não respeitar este procedimento, irá provocar ao longo do tempo danos que levarão a arranjos bastante dispendiosos.

Arranques

3.  Aquilo que normalmente se observa são arranques feitos em ponto morto onde o condutor de seguida solta o carro de forma a que este avance. Se é o seu caso, saiba que o que está a fazer, para além de perigoso, está a criar um aumento de pressão na transmissão o que leva a um maior desgaste nos seus pneus.

Em circulação

4. Quando está em movimento, nunca coloque o seu veículo em ponto morto. Nas horas de ponta, não caia na tentação de colocar o veículo em ponto morto. Isto porque, o colocar em ponto morto e o engrenar sucessivo, irá provocar desgaste acentuado na caixa de velocidades automática. Pode poupar um pouco no combustível, mas, irá gastar consideravelmente bastante na reparação de eventuais avarias na caixa.

5. Não utilize a opção de estacionamento, quando o veículo ainda estiver em movimento. As novas caixas de velocidades automáticas já não permitem que o faça. No entanto esta opção poderá levar à danificação de um pino de travagem existente na engrenagem. Proporcionando assim, uma situação de vácuo que em plena aceleração obrigará a uma grande pressão de forma a conseguir a travagem.

Deixamos-lhe um vídeo que apesar de estar em inglês dá para entender a mensagem.

Vídeo