Do Livro de Reclamações ao Livro de elogios

Do Livro de Reclamações ao Livro de elogios

Do Livro de Reclamações ao Livro de elogios. É normal que os seguidores do Automoveis-Online achem no mínimo este artigo, uma vez que não vamos falar de automóveis.

Há cerca de um mês atrás, um membro da nossa equipa de redacção teve um problema num veículo e foi com ele a uma oficina que não podemos revelar o nome.

Nessa oficina, todos os procedimentos foram adequados e profissionais. Os funcionários, muito competentes, profissionais e acima de tudo muito educados e simpáticos.

Durante o processo de concerto da viatura, demonstraram sempre preocupação em manter o cliente actualizado acerca do estado da sua viatura, foram explicando o que estavam a fazer e o porquê de o fazerem desta ou daquela forma. O Serviço executado, fora feito de forma muito rápida, o preço em conta e o veículo limpinho no final da reparação.

Depois de reparada a viatura, o responsável de qualidade da oficina, foi dar uma última vista de olhos com o nosso colega ao veículo e certificando assim a qualidade do trabalho executado. Durante esse processo, esse responsável observou um pequeno dano na pintura do veículo, um risco muito superficial e que não era da responsabilidade deles e pediu a um funcionário que utilizasse uma massa de polir especial para “apagar esse risco”.

Dada por terminado o processo de controlo de qualidade, o nosso colega passou ao departamento financeiro para efectuar o pagamento. Nessa sala, foi novamente muito bem recebido e o valor apresentado era exactamente igual ao que lhe tinham dado em regime de orçamento, ou seja, não houve surpresas.

O pagamento foi efectuado, a factura recibo emitida e o nosso colega ia para sair quando de repente reparou num livro de cor alaranjada sobre o balcão e vendo isto, sem que tenha se quer lido o título do mesmo, voltou-se para a menina da facturação e perguntou, “com um tratamento destes, ainda existem clientes que reclamam? a menina respondeu – felizmente não, mas se está a perguntar isso por causa desse livro, note que não é de reclamações”. Então o nosso colega, foi ver o livro com mais cuidado e reparou que se tratava não do habitual Livro Vermelho de reclamações, mas sim do Livro de Elogios.

Diz o nosso colega “fiquei de tal forma agradado com o Livro que decidi deixar um elogio e um agradecimento por um trabalho tão profissional e simpático”. O livro é muito semelhante ao de reclamações, mesmo até em termos de Design são muito parecidos.

Quanto à empresa em questão, não podemos revelar o nome por indicação dessa mesma empresa.

Fiquem bem e aproveitem para contar as vossas histórias na nossa secção de comentários.