Fraude e Publicidade enganosa na Porsche está a ser investigada

A justiça alemã está a investigar fraude e publicidade enganosa da Porsche

Fraude e Publicidade enganosa na Porsche está a ser investigada

Fraude e Publicidade enganosa na Porsche está a ser investigada pela justiça alemã.

Dieselgate. Depois da WV chegou a vez da Porsche. Sabe-se que a procuradoria de Justiça de Estugarda está a investigar os funcionários da Porsche. Está a fazê-lo por suspeita de fraude e publicidade enganosa relativa à manipulação das emissões de gases nos carros a gasóleo.

A Porsche é uma marca que pertence ao grupo Volkswagen e está também sob suspeita de ter manipulado as emissões de gases nos carros equipados com motorizações diesel.

O procurador Jan Holzner, através de um comunicado referiu haver bases para suspeitar de possível fraude de funcionários, quer na sede da fabricante, quer na sucursal norte-americana.

Segundo a agência Reuters, alguns modelos da marca alemã estavam equipados com motores fabricados pelo Audi. Os motores em questão são os de três litros. Estes motores tinham instalado um software capaz de adulterar as emissões durante os testes de homologação.

O Dieselgate foi descoberto em setembro de 2015. Neste caso está em causa a utilização fraudulenta de um software capaz de adulterar as emissões do motores a gasóleo. Isso aconteceu e cerca de 11 milhões de automóveis em todo o mundo.

Booking.com